As belezas paradisíacas da Vila do Gerês, e sobretudo da Serra, inspiraram (e continuam a inspirar) ao longo dos séculos escritores, poetas, jornalistas, cientistas, médicos e pintores, entre outros, nacionais e estrangeiros, os quais, unanimemente, sempre reconheceram as belezas da serra, destacando as elevações dos montes; a variedade faunística; a diversidade da sua flora, com a frescura dos frondosos e velhos arvoredos, e, o que causa, muitas vezes, perplexidade, as suas inesgotáveis águas cristalinas, multiplicadas em ribeiros, cascatas, fontes e repuxos, que, com as suas cantorias cadenciadas, ano após ano, século após século, indiferentes a tudo e todos, seguem o rumo que a mãe Natureza lhes indicou.
Tude de Sousa, Ramalho Ortigão e Miguel Torga foram, entre outras, algumas das personalidades que “cantaram” o Gerês e as suas belezas.
Uma vez que se encontra num dos locais mais belos do planeta, procure tirar o máximo de proveito desta oportunidade, “sentindo” o Gerês e “saboreando” esta magnífica serra.

O complexo turístico das Casinhas do Curral Velho é constituído por seis habitações, todas com aquecimento centralizado, espaços amplos que permitem o estacionamento em segurança das viaturas dos hóspedes junto das habitações e possui também, como valências de apoio para os utentes, áreas para fazer churrascos, um mini polidesportivo (Campo do Limoeiro), para a prática de futsal, voleibol ou badminton, uma piscina vedada, situada na zona norte do complexo, rodeada por um espaço verde, e uma sala de convívio/bar com TV e SportTV por satélite.

 

 
© Copyright 2008 yourimage. Todos os direitos reservados. yourimage.geral@gmail.com